Blog: Mundo marketing digital

Inbound, Branding, Métricas, Bi, Negócios, Tecnologia, Publicidade, Conteúdo, Social, Comportamento e Tendências no Marketing Digital
Criação de site ou redes sociais

Criação de Site ou Redes Sociais? No que investir?

Seja no início de um novo negócio, ou durante planos de reestruturação da comunicação da empresa, a dúvida entre investir em criação de site ou redes sociais é algo comum entre empreendedores.  No que investir? Nas redes sociais e todo o seu potencial de interação? Ou seria melhor um site, que mostre todo o potencial da minha empresa e se comunique bem com quem estiver procurando por produtos e serviços como o meu?

Talvez a melhor resposta para esta pergunta seja: Depende!

Essa decisão, e o quanto de esforços e recursos você vai dedicar para um ou outro, depende dos seus objetivos e de uma série de fatores, sobre os quais falaremos ao longo deste texto. 

Continue a leitura e confira!

Por que as redes sociais?

Um bom jeito de responder essa pergunta, pode ser refletir quanto tempo do dia você e/ou pessoas próximas passam em algum tipo de rede social. Talvez, aí você já perceba o porquê de tantas marcas e empresas investirem tanto na sua presença e interação através de plataformas como Facebook, Linkedin, Instagram, Twitter, Pinterest e tantas outras.

 

Dados de estudo realizado pela Hootsuite e We Are Social, divulgados em Janeiro de 2019, mostram que o Brasil tem 140 milhões de usuários ativos nas redes sociais, o equivalente a 66% de sua população. O estudo traz ainda a informação de que 81% destes usuários interagiu ativamente na redes sociais no mês anterior a realização da pesquisa. 

 

Há muito público nas redes sociais, as pessoas têm recorrido a elas para se informar, para buscar empresas,  pessoas e marcas com as quais se identifiquem. Mas acima de tudo, tem recorrido às redes buscando contato, interação, troca de ideias e informação. Então, este é o ambiente propício para que você exponha sua marca, seus ideais, sua proposta de valor para a sociedade em geral e acima de tudo para seu público, seus potenciais clientes.

 

Há muita informação disponível, nas redes, e é aí que se encontra também uma uma desvantagem que nos leva ao outro assunto do texto: o site.

Por que um site?

Já falamos acima, sobre a quantidade de informação disponível nas redes sociais atualmente. Obviamente, bem exploradas, elas são ferramentas valiosas. Mas, se pudermos resumir em uma palavra, a vantagem fundamental de investir na criação de site, a palavra seria CONTROLE.

Sim, controle! 

Em um ambiente seu, pensado para dar enfoque aos seus diferenciais, seus produtos e serviços, com as informações inseridas de forma estratégica, é muito mais fácil conduzir as ações do potencial cliente e criar experiências positivas em relação ao que você está propondo ao mercado.

Por mais personalizáveis que sejam, as plataformas de terceiros estão sujeitas a padrões e regras que independem da sua vontade. Mas, no caso da criação de site próprio, você terá acesso e definirá as ferramentas, a segurança e todos os fatores envolvidos. É importante considerar que algo que é feito por você, está sujeito a suas regras de funcionamento, tem dados acessados apenas por você e decisões apenas sob sua responsabilidade. 

Além do controle de quais informações mostrar, ao ter um ambiente seu, você elimina os ruídos e interferências da comunicação. Evita as interrupções de anúncios de outras empresas se sobrepondo a sua mensagem, evita que o bate-papo com um amigo ao pé da janela do navegador tire a atenção daquele conteúdo que você tanto planejou para “fisgar” seu cliente.

Afinal, qual eu devo escolher?

Além do que já citamos, colocamos abaixo, em forma de comparativo, alguns pontos a considerar sobre as duas opções –  redes sociais e criação de site – que podem para auxiliar na avaliação:

 

Redes Sociais

Criação de site

Muita informação a ser assimilada ao mesmo tempo Foco na sua mensagem (produto/serviço)
Pouca gestão sobre a forma como o conteúdo é apresentado Escolha de cada detalhe da apresentação do seu conteúdo
Grande adesão de usuários nas redes Exposição em mecanismos de busca (pesquisa orgânica, anúncios pagos)
Interação e engajamento Captação de interessados e condução para ações de conversão
Burocracia para resolução de problemas 

Necessidade de contato com equipes de suporte (solicitações via e-mail, envio de documentação, prazos de resolução longos, respostas inconclusivas, bloqueios de contas)

Autonomia e/ou autoridade para tomar decisões e resolver o problema.

Resolução por conta própria ou com apoio de parceiros próximos que conhecem você e seu negócio.

O ideal para melhorar a presença online, é aliar o uso da redes sociais com o projeto de criação de site, e conseguir combinar os dois canais.  Use as redes sociais para estar presente, interagir com o público e para atrair interesse. Mas é fundamental, que no momento em que o interesse foi despertado, você tenha o site como ambiente onde vai expor sem interferências os detalhes do seu produto, da sua proposta de valor e os diferenciais e benefícios do seu produto/serviço.

Claro, você não precisa desenvolver sozinho seu próprio site. É até mesmo recomendável que conte com um parceiro com experiência em criação de site e tenha alguém  para te ajudar a de todos os detalhes. 

Aqui na Balaio da Criação, entre outras atividades, trabalhamos com a criação de site para empresas de todos os segmentos, contando com equipes de profissionais das diferentes áreas para dar suporte no desenvolvimento e acompanhamento de projetos. Se quiser conhecer este serviço, entre em contato conosco.


Aprenda sobre marketing digital

Inscreva-se e receba ebooks, artigos, dicas e outros materiais para melhorar o marketing digital de sua empresa.