Você se considera uma pessoa criativa? | Balaio da Criação

Por Pollyanna Morais

Podcast Maker e Conteudista da Balaio da Criação.

Publicado em 26 de dezembro de 2019 | Atualizado em 23 de janeiro de 2020


Começa agora o melhor minuto da sua semana, o Minuto Balaio. Eu vou começar esse artigo te fazendo uma simples pergunta: Você se considera uma pessoa criativa? Se você respondeu não, apenas continue lendo porque eu realmente espero conseguir te fazer mudar de ideia até o final desse texto. Mas

Começa agora o melhor minuto da sua semana, o Minuto Balaio.

MB-PLL-2019-001-Conceitos-Criatividade

Eu vou começar esse artigo te fazendo uma simples pergunta:

Você se considera uma pessoa criativa?

Se você respondeu não, apenas continue lendo porque eu realmente espero conseguir te fazer mudar de ideia até o final desse texto.

Mas na verdade, o que é essa tal de criatividade? Vamos olhar o que diz o dicionário:

Originalidade; qualidade da pessoa criativa, de quem tem capacidade, inteligência e talento para criar, inventar ou fazer inovações na área em que atua.

Eu quero te pedir para se atentar às seguintes palavras: Originalidade, Capacidade e Inteligência.

Quando pesquisamos sobre criatividade começamos a perceber que a grande maioria, se não todos os estudiosos a respeito desse tema tão controverso, afirmam que a criatividade se manifesta em todos os setores da vida, e está relacionada aos talentos e a habilidade de cada indivíduo. Então porque insistimos em associar a criatividade apenas com as áreas “artísticas”, se assim posso dizer? Acredito que posso afirmar, com quase toda certeza, que pelo menos uma vez na sua vida você já pensou que a criatividade era uma habilidade apenas de pessoas envolvidas em algum tipo de arte como a música, o teatro, a dança, ou talvez, você tenha pensado que a criatividade era apenas para as poucas pessoas que tiveram ideias brilhantes e se destacaram por algum feito extraordinário.

O que eu quero te fazer entender é que a criatividade não é algo exclusivo a um grupo de pessoas, e nem é algo que você nasce ou não nasce com. Todos os indivíduos, sem exceção, são detentores de criatividade, e cada um deles apresenta o seu perfil criativo de maneira distinta. É certo que algumas pessoas se tornam mais criativas que outras, mas eu acredito ser apenas pela decisão de desenvolver suas habilidades criativas diariamente.

O fato é que independente da sua área de atuação, do trabalho que você executa, você pode ser criativo se assim você decidir. E não, nem sempre a criatividade está relacionada a criar algo inédito, do zero, mas muitas vezes significa inovar, ou seja, melhorar algo que já existe.

Lembra daquelas palavras que eu pedi que você guardasse?

Originalidade, Capacidade e Inteligência

Vamos lá, começamos pelo fato de que você é uma pessoa única nesse universo, não existe ninguém igual a você, então podemos afirmar que você tem originalidade certo? Todos nós somos dotados de capacidade e inteligência, sim você é, não importa o quanto você tente dizer que não. Então você tem os principais ingredientes de uma pessoa criativa.

Você desenvolve sua capacidade criativa?

A grande questão não é se você é ou não uma pessoa criativa. Mas o que você tem feito para desenvolver essas habilidades. De que forma inovadora você tem executado o seu trabalho. Se você faz apenas mais do mesmo, ou se você decidiu, e aqui me permita usar um clichê, pensar fora da caixa.

Quero terminar citando uma frase de um autor que gosto muito:

.

A vida é um ato criativo.

Erwin McManus

Não importa quem você é, de onde você veio, ou o que você faz na vida, se você respira existe criatividade dentro de você, basta que você encontre o caminho para externalizá-la. Espero ter te convencido daquilo que eu sabia desde o início.

Eu sou Pollyanna Morais… da Balaio da Criação.

Print Friendly, PDF & Email

Posts relacionados